Escolha uma Página

O dia a dia no ambiente escolar é muito diferente de como era há alguns anos. A difusão de múltiplas tecnologias, as facilidades de interação entre diferentes culturas e o ritmo crescente de informações compartilhadas entre os alunos têm gerado novas questões na educação. E quais são os principais desafios da educação infantil?

Ficou interessada(o) no assunto? Então continue a leitura!

Encontrar o meio-termo entre autonomia e autoridade

Um dos principais problemas na educação de crianças relaciona-se aos conflitos geracionais comuns da atualidade. Em uma mesma sala de aula, encontramos crianças cujas criações são extremamente diferentes: umas com excesso de controle e outras com excesso de liberdade.

Por isso, o professor deve conhecer seus alunos e avaliar essas características em sala de aula. Somente assim é possível haver trabalho conjunto da equipe pedagógica e dos pais para que se atinjam objetivos em comum na criação da criança.

Incentivar o senso de responsabilidade social e ambiental

A preocupação com o respeito ao meio ambiente e à formação de cidadãos mais íntegros é uma realidade em todo o mundo. As escolas têm se preocupado não somente em lecionar as disciplinas tradicionais, mas também em trabalhar de forma a desenvolver futuros adultos mais éticos e responsáveis consigo mesmos e com o meio em que vivem.

Como os pais e a escola são referências para a criança durante seu desenvolvimento, ambos são responsáveis por desenvolver nela as competências socioemocionais necessárias para formação de adultos mais conscientes. Por isso, devem incentivar práticas que sejam social e ambientalmente saudáveis, como evitar desperdício, desenvolver e colocar em prática programas sociais, entre outros.

Incentivar o interesse pela educação desde cedo

O absenteísmo escolar de discentes representa, sobretudo, um dos grandes problemas enfrentados pela educação. Portanto, incentivar desde cedo o interesse do aluno pelo aprendizado é uma maneira de minimizar os prejuízos causados por esse problema.

Algumas práticas realizadas com as crianças podem ser bem úteis para aumentar o interesse pelo estudo. Evitar comparações com colegas, realizar atividades mais lúdicas e apontar e reforçar as habilidades que a criança já tem podem ser alternativas para ajudar o aluno nesse processo.

Tratar a tecnologia como aliada, e não inimiga

Não há dúvidas: a tecnologia faz parte da vida das crianças e não há como reverter essa realidade. Por isso, deve ser vista como ferramenta para ampliar o conhecimento e agregar inúmeros benefícios ao processo educacional. Por outro lado, os professores e pais de alunos devem estar atentos a como utilizá-la adequadamente, para que, de fato, haja vantagens.

Assim, é interessante mostrar que existem limites na utilização das tecnologias, com a criação de regras e incentivo do seu uso de maneira responsável. Além disso, pais e professores devem interagir com a criança sempre que possível, a fim de avaliar o desempenho nas atividades realizadas com o uso dos recursos digitais.

Manter a atenção e concentração

Embora o excesso de informações causado por um maior contato com as múltiplas tecnologias tenha trazido muitos avanços à educação, um de seus principais impactos refere-se à redução da concentração e atenção em sala de aula. Dessa maneira, o professor deve conquistar seus alunos, mantendo-os atraídos pelo que está sendo trabalhado, por exemplo, por meio de implementação de aulas mais práticas, realização de atividades coletivas e utilização de recursos visuais, entre outros.

Em casa, os pais podem contribuir para uma maior atenção ao aprendizado cuidando do ambiente de estudos, combinando horários, mantendo uma rotina e reforçando positivamente as conquistas da criança na escola. Dessa maneira, os desafios da educação infantil podem ser mais bem trabalhados, e os benefícios à criança, à família e à escola, conquistados!

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe este artigo nas redes sociais!

Baixe nosso aplicativo (App) nas lojas:

Apple Store  Google Play  

%d blogueiros gostam disto: